• Rua José Bonifácio 2355 sala 812 - Santa Maria - RS
  • Seg à Sex - 8h às 12h - 14h às 18h

Dedicação e competência brasileira: 1º resultado de tratamento com CAR-T cell é divulgado no País; ABHH tem discutido o tema amplamente

Na última quinta-feira (10), repercutiu a notícia que um paciente com linfoma não Hodgkin de célula B constata a remissão da doença após o uso pioneiro da terapia CAR-T cell. O procedimento foi conduzido por especialistas do Centro de Terapia Celular (CTC) da USP e do Hemocentro, ligado ao Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto.

Entre os profissionais estão o Dr. Dimas Tadeu Covas, ex-presidente da ABHH e coordenador do CTC, Dr. Renato Cunha, integrante do Comitê de Terapia Celular e pesquisador do Centro de Terapia Celular, e o Dr. Rodrigo Calado, coordenador do Comitê de Falências Medulares da ABHH e professor da FMRP-USP, entre outros especialistas.

Dr. Dante Langhi Jr., presidente da ABHH, parabeniza os profissionais empenhados nesta conquista brasileira. “O CAR-T cell tem sido largamente abordado em nossos eventos científicos, bem como pelos nossos Diretores e associados que viajam para os congressos internacionais e trazem essa inteligência para o Brasil. A ABHH vai continuar apoiando e estimulando os cientistas brasileiros empenhados em ampliar seu uso no país”, celebra.

Em agosto, de forma inédita, a ABHH realizou o Terapias Avançadas: Células e Genes (TACG), que trouxe um panorama sobre o CAR-T Cell e questões regulatórias do tratamento no Brasil e no mundo. Além disso, o tema será amplamente discutido no HEMO 2019, com as principais novidades científicas sobre o assunto e os maiores especialistas nacionais e internacionais. Na programação do sábado, 9 de novembro, o evento terá pela manhã um painel com a presença dos Drs. Dimas Tadeu Covas, Renato Cunha e do renomado especialista estrangeiro Hiroshi Shiku.

Fonte: https://abhh.org.br/

Em viagem à Espanha, no começo deste mês, a Drª. Juliana Salvador participou de um preceptorship no Hospital Vall d’Hebron, onde foi lançado o primeiro ensaio clínico internacional com terapia com células T CAR para pacientes com linfoma agressivo de células B não Hodgkin (NHL de células B) na Europa.

O VHIO é o primeiro local na Espanha a conduzir um estudo com esta imunoterapia para essa população de pacientes em particular.

A nova terapia com células T do receptor quimérico de antígeno (CAR) é uma abordagem baseada em imunoterapia que está emergindo rapidamente, envolvendo a remoção de células imunes de um paciente e a turbo-alimentação com novas proteínas que as capacitam a reconhecer e aprimorar o câncer. As células são então devolvidas ao paciente em grande número para montar um ataque antitumoral.

Na oportunidade, a Drª. Juliana teve a oportunidade de conhecer essa técnica e a unidade de internação desse centro (Foto acima).